Trânsitos de Quíron


Dale O'Brien diz que trânsitos críticos de Quíron indicam quando e como um indivíduo é desafiado a crescer sobre a adversidade ou mediocridade que cercam a sua vida e a perceber um destino maior envolvendo-o. Cita que o Dalai Lama foi premiado com o Prêmio Nobel da Paz com Quíron em trânsito em conjunção com o Sol em Câncer, o que era um desafio à humildade do seu ego e à sua existência não-mundana; mas que aquele desafio era excedido em valor pela oportunidade que veio com a aceitação do prêmio: “Se eu gosto disto ou não, eu estou neste planeta, e é bem melhor fazer algo para a humanidade” disse então o 14º Dalai Lama, que não só aceitou o prêmio, mas tornou-se uma presença importante como líder espiritual e político, trazendo visibilidade mundial à questão do Tibete ocupado pela China.

No hay comentarios:

Publicar un comentario

Seguidores